PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Programação
Espetáculo 'D'água' com o Coral e Orquestra Sonial da Universidade Federal do Ceará

A água envolve toda a existência humana. É o símbolo da vida, da pureza e, principalmente, do amor. A água protege o feto, batiza a criança, diverte homens e mulheres, oferece lugar de labuta, lava e purifica todo o percurso da vida. É disso que fala o próximo espetáculo do Coral da UFC: d'Água. Desta vez, as 31 vozes do coral serão acompanhadas pela Orquestra Sonial, formada por 14 instrumentistas, ambos projetos de extensão da universidade. Esta festa de arte e música marca a abertura das comemorações dos 60 anos do Coral da UFC, que acontece em abril de 2019.

A temporada segue nos dias 1º, 2, 7, 8, 9, 14, 15 e 16 de dezembro de 2018.


Linguagem: Música
Local: Teatro Dragão do Mar
Dias: 01/12/18 às 20h00
         02/12/18 às 19h00
         07/12/18 às 19h00
         08/12/18 às 20h00
         09/12/18 às 19h00
         14/12/18 às 19h00
         15/12/18 às 20h00
         16/12/18 às 19h00
Ingressos: Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).
Classificação: Livre
Planetário Rubens de Azevedo

O Planetário Rubens de Azevedo, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará com gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM), está com novidades na programação e modernização tecnológica de sua estrutura. O planetário apresenta ao público equipamento de última geração: o planetário marca Zeiss, modelo Skymaster ZKP4 LED com projetores digitais VELVET DUO de alta resolução. Ele foi adquirido pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado do Ceará (Secitece), através de convênio com a empresa alemã Carl Zeiss AG. O Planetário está com novas sessões a partir de 8 de dezembro de 2018.

 

SERVIÇO

Planetário Rubens de Azevedo

 

Às quintas e sextas-feiras

18h - Abc do Sistema Solar (sessão infanto-juvenil )

19h- Da terra as Galáxias (sessão infanto-juvenil )

 

Aos sábados e domingos:

17h - Viagem no foguete de papel (sessão infantil)

18h - A lenda da princesa acorrentada  (sessão infanto-juvenil )

19h - Da terra as Galáxias (sessão infanto-juvenil )

20h- As Origens da vida 

 

Ingressos devem ser adquiridos antes da sessão na bilheteria do Planetário


Local: Planetário Rubens de Azevedo
Dias: 07/12/18 às 18h00
         08/12/18 às 19h00
         09/12/18 às 17h00
         13/12/18 às 18h00
         14/12/18 às 18h00
         15/12/18 às 18h00
         06/12/18 às 17h00
         07/12/18 às 17h00
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
Lançamento do Livro 'Direito à integração democrática na América do Sul' por André Brayner

O advogado cearense André Brayner lança no dia 11 de dezembro, no Centro Cultural Dragão do Mar, o livro "Direito à Integração Democrática na América do Sul", que aborda temas atuais sobre as relações do Brasil dos pontos de vista econômico, político e humanitário. A obra, que foi seu trabalho de dissertação de mestrado, tem foco na União das Nações Sul-americanas, UNASUL, último organismo internacional de integração feito na América Latina. O livro, no entanto, não se limita apenas a essa temática, mas faz uma análise histórica, com elementos políticos e jurídicos do processo de integração, além de avaliar os organismos anteriores, os que ainda existem e compreender a diferença entre eles.

 

A reflexão que o livro traz gira em torno do processo de pensar em um crescimento mais amplo e equilibrado dos países. Para o advogado André Brayner, a análise econômica de forma isolada, com modelos predeterminados, se mostra muito inadequada. Como se o Brasil não fosse capaz de pensar novas relações com estratégias econômicas mais humanas e justas. "A sensação que temos, principalmente quando conversamos com pessoas do mercado financeiro, é de que só é possível seguir uma métrica e que só por meio dela se pode chegar a um desenvolvimento", explica

 

Sobre o autor

André Vitorino Alencar Brayner é advogado e mestre em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza, UNIFOR, com pesquisa sobre Direito à Integração na América do Sul. Possui atuação científico-jurídica nos campos relacionados ao Direito Internacional, Direitos Culturais e Terceiro Setor. Atualmente é professor de Direito na Faculdade Vidal de Limoeiro do Norte, Favili, e Consultor Jurídico do Instituto Brasil África e do Instituto Dragão do Mar.

 

Valor do livro: R$ 42,00

Vendas: lumenjuris.com.br


Linguagem: Literatura
Local: Auditório do Dragão do Mar
Dias: 11/12/18 às 19h00
Acesso Gratuito
TEMPESTADE solo de Silvia Moura e Rami Freitas

Sinopse:

 

desistir-existir-resistir e finalmente começar tudo de novo,

um ciclo infindável de pequenas desistências, seria como morrer ???

ou como um espaço vazio, um grande silêncio sem ruídos ou pensamentos ???

ou seria como viver com tal intensidade que explodisse em partículas minúsculas de intensa vida,

mas, que por serem tão pequenas ninguém as vê.

existir de um jeito contrário ao que se possa crer como real existência, e por isso mesmo se parece com a ideia de morte, de findar-se.

desistir de si como  corpo que dança,pensa, dança,move, dança, e respira,

desistir como último embate de um corpo que insiste em mover-se apesar da ideia de desistir ser contrária ao impulso de mover-se,

seria isso resistência ???

como resistir sem desistir e assim seguir insistindo em mover-se ???


 

Fotos  : Carol Veras

Música : Rami Freitas

Máscara : Adalberto

 

Abertura com o Bailarino Carlos Antônio dos Santos

 

Nego Preto

LuminosObscuro

 

Danço logo existo ou existo porque danço?! "É o Tao que faz surgir ora o obscuro, ora o luminoso. O luminoso e o obscuro são dois poderes primordiais, os mesmos que (?) foram denominados (?) como o firme e o maleável, ou o dia e a noite. Os termos Yin, o obscuro, e Yang, o luminoso, indicam a face sombria e a outra, a iluminada, de uma montanha ou rio. O Yang representa o lado Sul da montanha, por ser iluminado pelo Sol. Mas, quando se trata de um rio, Yang representa o lado Norte, pois nele se reflete a luz. O inverso ocorre para o Yin." I CHING, O Livro das Mutações

 

Projeto Grupo N ?

Intérprete criador: Carlos N8

Apoio - Karthaz Studio


Linguagem: Dança
Local: Teatro Dragão do Mar
Dias: 11/12/18 às 20h00
         12/12/18 às 20h00
         13/12/18 às 20h00
         26/12/18 às 20h00
         27/12/18 às 20h00
         28/12/18 às 20h00
         29/12/18 às 20h00
         30/12/18 às 20h00
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).
Abertura da  I Conferência de Cultura e Governança Digital do Ceará

A I Conferência Digital é um convite para a sociedade refletir sobre o impacto das transformações digitais na nossa sociedade. Com as presenças: Governador do Estado, Camilo Santana, Secretário da Cultura do Ceará, Fabiano Piúba, e representante  da Secretário de Educação, Cultura e Esporte, Nagila (Secitece), Representante da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará - Etice,  Fórum Cultura Digital e o Influenciador Suricate.


Linguagem: Debate
Local: Auditório do Dragão do Mar
Dias: 14/12/18 às 18h00
Acesso Gratuito
Dragão Instrumental com Orquestra de Sopros J. Ratinho Toca Maestro Manoel Ferreira

Este projeto tem como iniciativa apresentar e divulgar ao público cearense através do espetáculo "Orquestra de Sopros J. Ratinho toca Maestro Manoel Ferreira" a grandiosa e belíssima obra do saudoso Maestro Manoel Ferreira Lima um dos maiores ícones da cultura de bandas de música do Ceará, onde o citado maestro tem mais de 300 peças entre arranjos e composições para Banda de Música, sendo as mesmas executadas por diversas bandas do estado, do Brasil e do Mundo. Muitas de suas obras fazem parte de um dos maiores acervo de partituras digital para banda que é o da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará - Secult-Ce, onde destacamos Diana no Frevo que é música do repertório de ouro das Bandas de Música do Brasil do Projeto Bandas/Funarte. Desta forma buscamos através deste projeto a valorização do artista da terra divulgando e valorizando o que melhor tem o nosso Ceará.

 


Linguagem: Música
Local: Arena Dragão do Mar
Dias: 14/12/18 às 19h00
Acesso Gratuito
Classificação: Livre
NOVO SOM Com as bandas FRAN DDK e o Show 'FRAN DDK Autêntica' e PISTOLEIRA com o show 'Flor do Bom Jardim'

TEMPORADA DE ARTE CEARENSE   

 

FRAN DDK

 

Descobriu o RAP aos oito anos de idade através de seu irmão mais velho Fábio Silva: (Maginal Alado) que vez ou outra trazia umas tape de Dj Jamaica , Racionais Mcs, 509-E fita cassete do espaço RAP na qual tinha Sabotage RZO, pavilhão 9,entre outros...

Quando conheceu o trabalho de MV Bill, se encantou com Camila CDD, assim como também Negra Li e logo depois com Dina Di. Daí então surgiu a vontade de cantar RAP ! No ano de 2006 começou fazendo performances de MV Bill e Camila CDD em um grupo chamado Garotas do Funk o mesmo criado no bairro Conjunto Marechal Rondon - Jurema / Caucaia região na qual nasceu.

 

 

Pistoleira

 

Oriundos das periferias de Fortaleza, Paulo Fraval e a banda Pistoleira experimentam a mesclagem da música local com sonoridades produzidas nas periferias do mundo. Nos palcos, apresentam interpretações viscerais, misturando drama e comédia em performances inusitadas e catárticas.

 

Sinopse do Show:

O show "Flor do Bom Jardim" parte de uma proposta inclusiva e extremamente plural ao recordar e homenagear Dandara dos Santos, vítima fatal da transfobia que assola o Brasil e, nesse caso específico, o Ceará. Assassinada em um dos bairros mais tradicionais de Fortaleza, Dandara escolheu seu nome social em homenagem a uma guerreira que fugiu da escravidão no Brasil do século XVII. Uma das líderes do Quilombo dos Palmares, jogou-se de uma pedreira ao abismo depois de presa, suicidando-se em 6 de fevereiro de 1694, para não retornar à condição de escrava. Assim como a sua contraparte histórica, Dandara foi morta simplesmente por ousar ser quem era. Para além de cair na elegia pura e simples de celebrar a liberdade, ou no protesto panfletário (ainda que necessário), a Pistoleira propõe fazer deste show um grito carregado de força e de vida, para que a voz de tantas Dandaras se juntem ao coro de toda uma população farta de violências várias.


 


Linguagem: Música
Local: Espaço Rogaciano Leite Filho
Dias: 14/12/18 às 20h00
Acesso Gratuito
Palestra 'Os Alquimistas Medievais'

Realização: Instituto Gnosis Brasil

 

O Instituto Gnosis Brasil é uma organização sem fins lucrativos baseada nos ensinamentos gnósticos deixados pelo V. M. Samael Aun Weor. Faz parte de uma Federação Internacional Gnóstica, formada pelo V. M. Lakhsmi Daimon, presente em mais de trinta países no mundo, com destaque para América Latina, mas também presente em países como Estados Unidos, Canadá, Espanha, França, Itália, entre outros. No Brasil contamos com 110 centros de estudos distribuídos por todos os estados.

 

O Instituto Gnosis Brasil possui diferentes formas de atuação, tais como as palestras públicas e os cursos de autoconhecimento. Através das palestras públicas, as pessoas podem ter um contato inicial com esta sabedoria. Em Fortaleza, elas são realizadas no auditório do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, oferecendo temas diversos conforme a seguinte agenda: "Os Alquimistas Medievais", no dia 15 de dezembro. Todas as palestras são às 19 horas e com entrada franca.


Linguagem: Debate
Local: Auditório do Dragão do Mar
Dias: 15/12/18 às 19h00
Acesso Gratuito
UMA NOITE DE AMOR - Shows com Noda de Caju, Banda Líbanos, Getúlio Abelha e Projeto Forró como Antigamente

Para relembrar grandes sucessos que embalaram os romances nos anos 90,  o Dragão do Mar irá promover em dezembro ''Uma Noite de Amor - Forró Das Antigas''  com as Bandas Noda de Caju , Líbanos, Getúlio Abelha e Projeto Forró como Antigamente  com as cantoras Simara Pires (Limão com Mel) e Ana Sol (Brucelose) Dani Campelo (Styllus)

 

 

Ingressos já estão à venda nas Bilheterias do Dragão, de terça a domingo, das 14h às 20h, e online disponíveis no site:

 https://www.sympla.com.br/uma-noite-de-amor---forro-das-antigas-no-dragao-do-mar__404468


Linguagem: Música
Local: Praça Verde
Dias: 15/12/18 às 19h30
Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia).
Classificação: 14 anos
Fuá de Salão

Fuá de Salão é um projeto de dança de salão que reúne diferentes ritmos e que convida o público a dançar.


Linguagem: Dança
Local: Arena Dragão do Mar
Dias: 16/12/18 às 16h00
Acesso Gratuito
Classificação: Livre
Noite das Estrelas

O Dragão do Mar promove a Noite das Estrelas, em frente ao Planetário, a partir das 19h. Todos os meses, sempre nas noites de Quarto Crescente Lunar, o planetário disponibiliza telescópios ao público em geral para observação astronômica de crateras da lua, planetas e nebulosas. Em caso de céu nublado, a sessão poderá ser interrompida ou cancelada.


Local: Planetário Rubens de Azevedo
Dias: 18/12/18 às 19h00
         19/12/18 às 19h00
Acesso Gratuito
PREAMAR de Artes Cênicas do Porto Iracema das Artes

Apresentação de três produções cênicas curtas (30min cada) integralmente desenvolvidas por alunos egressos dos diversos percursos de formação ofertados ao longo do ano: Práticas do Ator, Ateliê de Escrita Dramática, Iluminação, Cenografia, Cenotecnia, Figurino e Direção (parceria com o Curso de Teatro - ICA/UFC através da disciplina Laboratórios de Direção). São eles:

 

- Mamãe Aqui - texto de Rafael Barros, direção de Gilvamberto Félix e orientação de Maria Vitória.

 

Sinopse: A feirante Tiaga sonha ser prefeita de Capistrina para poder usar o carro oficial. Sem entender nada de política e disposta a assumir a cadeira a qualquer custo ela vai realizar sua campanha partindo do seu jeito. Entre roupas e discursos e junto com sua filha Glaúdia, Tiaga vai em busca de seu sonho.

 

- Matriarca Encarcerada - texto de Clarisse Ilgenfritz, direção de Jobson Viana e orientação de Jéssica Teixeira

 

Sinopse: O texto de A matriarca Encarcerada tem como foco uma relação de interdependência entre os personagens, sobre a condição maternal principalmente no fato de uma mãe matar o próprio filho, em um período conturbado da História social e política do país. Escrito em 2018, o texto em tom de farsa narra em rimas e métricas um indeterminado período de tempo, localizado numa carceragem, onde as personagens falam, questionam e especulam a ação cometida por mãe superprotetora que mimava muito sua cria e era doce com seu marido, exercendo uma espécie de repulsa e fascínio naqueles que a cercam, estabelecendo relações de poder de alta complexidade e tensão sexual, onde o sexo é considerado um sinônimo de poder em torno da figura da matriarca. A obra se utiliza de uma linguagem irônica sobre uma situação incomum onde a experiente autora traz para sua obra, críticas ácidas sobre a função social de cada indivíduo em um país com altos índices de desigualdade em sua população e ainda assolado por uma complexa crise de valores morais, sociais, culturais, educacionais e políticos.

 

- Mar Lúcia - texto de Rosana Braga Reis, direção de Lídia dos Anjos e orientação de Tomaz de Aquino

 

Sinopse: Mar Lucia retrata uma família humilde composta por uma mãe solo que cria 3 filhos em idades escolares. Entre eles, um filhos homem adolescente e duas filhas mulheres, em seus 17 e 12 anos respectivamente. A encenação se passa em uma pequena casa no sertão do Ceará. Nesse cenário, as funções da casa dividem-se entre as mulheres, de uma forma natural. Até surgir o desejo de Lúcia em fugir para uma cidade grande, enorme em possibilidades e com vista pro mar. O rompimento entre a menina e o legado que passaria da mãe para a filha proporciona ao espectador criar reflexões sobre questões importantes no que diz respeito o ciclo de rotina das mulheres dessa família.


Linguagem: Formação
Local: Teatro Dragão do Mar
Dias: 19/12/18 às 19h00
Acesso Gratuito
Classificação: 14 anos
Golpe de Vista com o tema: Discursos Imagéticos Contemporâneos

O Golpe de Vista é um programa vinculado a Pró Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Ceará. A proposta organiza uma série de encontros mensais onde fotógrafos convidados e público trocam experiências sobre imagem e artes visuais, com ênfase na fotografia e seus desdobramentos. A iniciativa aprimora os conhecimentos fotográficos de forma coletiva além de fomentar estudos, intervenções e discussões promovendo o destaque a novos atores visuais através do formato fotoclubista. Nesta edição o tema será " Discursos Imagéticos Contemporâneos com os convidados: Prof. Osmar Gonçalves (UFC) e Prof: Gabriele Reinaldo (UFC).


Linguagem: Debate
Local: Auditório do Dragão do Mar
Dias: 19/12/18 às 19h00
Acesso Gratuito
Espetáculo 'Soledad: a terra é fogo sob nossos pés'

Com Hilda Torres 

 

Sinopse:

 

O espetáculo conta a história de Soledad Barrett Viedma (1945-1973), militante paraguaia, que após ter lutado em diversos países da América Latina, veio militar no Brasil. No Recife, teve sua trajetória de lutas e idealismo interrompida brutalmente, em um dos episódios mais violentos da ditadura brasileira: o massacre da chácara São Bento. A obra, contudo, não se restringe a um caráter memorialista, mas abrange algo que se quer contar hoje, traçando um ousado diálogo entre o passado e o presente.

 

Sobre a atriz:

 

Hilda Torres é atriz e psicóloga. Com 20 anos de carreira, Hilda atua no teatro, com experiências pontuais em televisão e cinema. Atuou em peças como "Essa febre que não passa"- Dir. André Brasileiro e Marcondes Lima e "Autônomas"- Dir. Jorge Clésio. Na televisão, atuou na minissérie "A pedra do reino". No cinema, seus últimos trabalhos foram "A felicidade não é deste mundo" e "Ursos camaradas". "Soledad - a terra é fogo sob nossos pés" é o seu primeiro monólogo. Hilda foi premiada como melhor atriz do teatro pernambucano em 2016, escolhida pela Associação dos Produtores de Teatro de Pernambuco - APACEPE.


Linguagem: Teatro
Local: Teatro Dragão do Mar
Dias: 21/12/18 às 19h00
         22/12/18 às 19h00
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Classificação: 14 anos
Praça do Rock - com as bandas Jack The Joker, Warbiff e Netuno Doom

Realizado em parceria com a Associação Cultural de Rock Cearense, a programa Praça do Rock acontece mensalmente, com três bandas a cada edição, destacando diferentes matizes do rock no Estado. Confira as atrações de dezembro.


 

Jack The Joker

 

Jack the Joker é uma banda de Metal Progressivo de Fortaleza-CE nascida em 2012, formada por nomes bem conhecidos e experientes da cena alencarina: Raphael Joer (vocal), Felipe Facó (guitarra), Lucas Colares (guitarra), Lucas Arruda (baixo) e Vicente Ferreira (bateria).Em julho de 2014, lançaram seu primeiro disco, intitulado In The Rabbit Hole. O álbum recebeu diversas críticas positivas da mídia especializada, por ser uma produção totalmente independente e já apresentar grande maturidade sonora. O disco conta com a assinatura do renomado produtor catarinense Adair Daufembach (Hangar, Project 46, Tony Macalpine, John Wayne etc) na mixagem e masterização.

No período do segundo semestre de 2015 ao início de 2016, o Jack The Joker gravou seu segundo álbum, o Mors Volta, desta vez com a assinatura da produção por Adair Daufembach em parceria com a banda. O Mors Volta foi lançado em novembro de 2016 nas principais plataformas digitais e logo teve amplo alcance sendo destaque no Spotify na playlist oficial internacional de metal progressivo.

 

Warbiff

 

Warbiff é uma banda de thrash metal  que está a mais de dez anos na ativa, e possui vários materiais nos formatos digital e físico. Atualmente lançou o cd chamado Pigs Parliament que conta com oito músicas inéditas e conta com o EP Fresh Meat como bônus. A banda teve várias participações em festivais e abriu bandas nacionais e internacionais como Exodus, Kreator, Tank, Assassin, Ratos de Porão, Facada, entre outras.


 

Netuno Doom

 

 A banda Netuno Doom, é uma banda que vem explorando em sua personalidade que mescla influências de vários estilos dentro do Slow Heavy Metal Music. Formando assim uma atmosfera um som arrastado, psicodélico e épico. Com temáticas baseadas no Sci-fi, Espaço, Ufo, Horror Cósmico, Astronomia, Ciência e Futurismo. Mergulhamos em temas que nos fazem viajar pela imaginação, onde guiados pelo som do Fuzz entramos em estado de êxtase nos palcos, levando assim a sonoridade que transmite esse estado de êxtase, para quem nos apreciam em qualquer ambientação de si. Formada em meados de janeiro de 2015 com o nome de Braves Face The Devil, em Fortaleza,CE - Brasil. Que tem como membros o guitarrista e vocalista Adriano Alves (ex-Burn All Hate e ex-Falácia), no baixo Hewerson Freitas (Morddor) e na bateria Bosco Lacerda (Agressivium, 4BanneD, ex-Darkside e ex-Final Prophecy).

 


Linguagem: Música
Local: Espaço Rogaciano Leite Filho
Dias: 22/12/18 às 18h00
Acesso Gratuito
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
PARCEIROS