PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Museu de Arte Contemporânea do Ceará estreia websérie a partir desta sexta-feira (3)
Em 4 episódios que serão lançados às sextas de setembro, o MAC Dragão apresenta leituras poéticas de obras do seu acervo.
03/09/21 às 13h31

O Livro, de Murilo Maia. 

 

     O Museu de Arte Contemporânea do Ceará (MAC Dragão), por meio do seu Núcleo Educativo e Acervo, lança nesta sexta-feira (3), a partir das 18h, a websérie "Ligações Perdidas: Releituras do Acervo MAC Dragão". Dirigida pelo educador Ka Moreira, e com participação dos educadores Andrea Dalveroni, Antonio Jarbas e Gabriel Ferreira, a série de quatro episódios lança ao público um olhar intimista sobre alguns trabalhos do acervo do Museu, através de videopoemas criados pelos educadores. As produções audiovisuais serão exibidos sempre às sextas de setembro, no mesmo horário, no IGTV do MAC Dragão (@macdragao).

     Com voz e roteiro de Andrea Dalveroni, o primeiro episódio da série estabelece um diálogo entre a série "Banhistas", da artista Leila de Sarquis, com a obra "O Livro", do artista Murilo Maia. Os espectadores poderão apreciar a perspectiva de alguém que chega cansado em casa e reflete sobre os objetos que encontra ao longo do percurso até o banho.

     Roteirizado por Antonio Jarbas, o segundo episódio de "Ligações Perdidas: Releituras do Acervo MAC Dragão", que será exibido no dia 10 de setembro, traz uma leitura da obra "Alice no País das Maravilhas", do artista Luiz Hermano, para abordar a construção plástica do trabalho.

     No dia 17 de setembro, com roteiro de Ka Moreira, inspirado em "A Solidão dos Vulcões", de Leonilson, o terceiro episódio lança questionamentos sobre saúde mental, ansiedade e angústia, sentimentos comuns entre muitas pessoas durante a pandemia do Covid-19.

    Finalizando a série, Gabriel Ferreira traz, no quarto e último episódio, as fotografias da série "As Coisas que não Existem", da artista Lina Kin. Ao descansar numa sala repleta de papeis, o autor revista suas lembranças ao recordar a presença de familiares que partiram.

     Segundo o coordenador do Núcleo Educativo, Rafael Escócio, o projeto prioriza leituras poéticas sucintas dos trabalhos em detrimento de descrições técnicas, o que contribui para ampliar os horizontes da interpretação artística e o conhecimento sobre a coleção, mas também promover uma maior aproximação do público geral com o extenso acervo do Museu. O MAC Dragão é um equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará que integra o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e é gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar.

 

Serviço: MAC Dragão apresenta "Ligações Perdidas: Releituras do Acervo MAC Dragão"
Período: Dias 3, 10, 17 e 24 de setembro de 2021 (sextas-feiras)
Horário: 18h
Exibição: IGTV do Museu de Arte Contemporânea do Ceará (@macdragao)
Acesso livre e gratuito

 

PARCEIROS