PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Dragão do Mar exibe 2ª edição do programa Sessão Circular nesta quarta-feira (23)
Mostra traz cinco curtas que permanecem em cartaz até 7 de julho, gratuitamente, no YouTube do Dragão.
22/06/21 às 15h17

Still Aonde vão os Pés, de Débora Zanatta.

     Equipamento do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura vinculado à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e gerido pelo Instituto Dragão do Mar, o Cinema do Dragão exibe, nesta quarta-feira (23), a segunda edição do programa "Sessão Circular". Com o tema "Desejo e memória em movimento", a mostra apresenta cinco curtas-metragens de quatro estados brasileiros (Minas Gerais, Paraná, Bahia e Pernambuco) que, protagonizados por mulheres, abordam experiências de mulheres lésbicas, suas relações de amizade e de família. Disponíveis a partir das 12h, no YouTube no Dragão (youtube.com/dragaodomarcentro), estreiam "Quinze" (Maurílio Martins), "Aonde vão os pés" (Débora Zanatta), "Rebu - a egolombra de uma sapatão quase arrependida" (Mayara Santana), "Peixe" (Yasmin Guimarães) e "À beira do planeta mainha soprou a gente", de Bruna Barros e Bruna Castro. Os filmes permanecerão em cartaz até o dia 7 de julho.
     Além das exibições dos curtas, Pedro Azevedo, curador do Cinema do Dragão, promoverá um debate ao vivo com as realizadoras na próxima quarta-feira (30), às 17h.      


Os filmes

Quinze (de Maurílio Martins)

Ficção - 26 min - Minas Gerais
Sinopse: Luiza fará 15 anos. Raquel tem alguns sonhos. 
Classificação etária: 16 anos
Ficha Técnica
Produção: Thiago Macêdo Correia 
Roteiro: Maurílio Martins 
Direção de Arte: Mariana Souto, Tati Boaventura 
Direção de produção: Amina Jorge 
Produção Executiva: Thiago Macêdo Correia 
Direção de Fotografia: Gabriel Martins 
Montagem: André Novais Oliveira, Maurílio Martins 
1º Assistente de Direção: Samuel Marotta 
Captação de Som: Leo Amaral, Pedro Vasser 


Peixe (de Yasmin Guimarães)
Ficção - 12 min - Minas Gerais
Sinopse: Marina é uma jovem mulher que trabalha em Belo Horizonte realizando entregas com a sua bicicleta.
Classificação etária: 16 anos
Ficha técnica:
Direção: Yasmin Guimarães
Produção: Gabriel Quintão e Yasmin Guimarães
Direção de fotografia: Lorena Cardoso
Direção de arte: Bruna Maynart, Gabriela Rezende e Lorena Maruch
Figurino: Camila Duarte
Maquiagem: Linda Paulino Make Up
Direção de atores: Camila Botelho e Leonardo Branco
Som direto: Marina Meira e João Tito
Desenho de som: Yara Tôrres e Pedro Durães
Eletricista, Maquinista e Contra-regra: Guilherme Gnomo
Assistente de direção: Gabriel Quintão
Direção de produção: Luiz Malta (Luigi Maltese)
1º Assistente de câmera: Diogo Sousa 
2º Assistente de câmera: Felipe Amorim
Still: Francisco Pereira
Assistentes de produção: Cecília Queiroz, Celina Barbi e Daniela Cambraia
Assistente de Figurino: Diego Fernandes
Maquiagem adicional: Bruna Comini
Logger: Luciano Correia
Continuísta: Clara Olac
Edição e Montagem: Yasmin Guimarães, Gabriel Quintão e Juliana Antunes
Edição e Mixagem de som: Pedro Durães e Yara Tôrres
Colorista e Finalização: João Gabriel Riveres Sem Rumo - Projetos Audiovisuais
Arte gráfica: Daniel Bretas


Rebu - a egolombra de uma sapatão quase arrependida (Mayara Santana) 
Documentário - 21 min - Pernambuco
Sinopse: Rebu  é um documentário em primeira pessoa que se propõe a investigar, dentro da vivência sapatão da diretora, as mais diversas performances de masculinidade, levando em conta seus três últimos relacionamentos, e também entrevistas com seu pai. 
Classificação etária: 16 anos
Ficha técnica:
Montagem - Roberta Cardoso
Direção e roteiro: Mayara Santana


À beira do planeta mainha soprou a gente (de Bruna Barros e Bruna Castro)
Documentário - 13 min - Bahia
Classificação etária: Livre
Sinopse: Através de imagens de arquivo pessoal e reflexões sobre as ambivalências que às vezes se imprimem em relações cheias de amor, "à beira do planeta mainha soprou a gente" apresenta recortes de afeto entre duas sapatonas e suas mães.
Ficha técnica: 
Roteiro/Direção/Direção de produção/Montagem/Fotografia/Mixagem/Som direto/Edição de som/Elenco: Bruna Barros e Bruna Castro


Aonde vão os pés (de Débora Zanatta) 
Ficção - 14 min - Paraná
Sinopse: Ela percorre os caminhos da adolescência com coragem para viver seus desejos. E no encontro com o inesperado se coloca a correr, confiante em seus próprios pés.
Classificação etária: 14 anos
Ficha técnica:
Direção e Roteiro: Débora Zanatta
Elenco: Thalita Maia, Eliane Campelli, Giovanna Negrelli, Rosana Stavis, Marcel Malê Szymanski e Zeca Cenovicz. 
Participação Especial: Elis Maria Mendes, Cristal Zanatta e Jaciara Rocha
Produtores Associados: Andréa Tomeleri, Fábio S. Thibes e Gil Baroni
Assistência de Direção: Camila Macedo e Estevan de la Fuente
Direção de Fotografia: Elenize Dezgeniski
Direção de Produção: Indianara Zanatta
Montagem: Camila Macedo, Natacha Oleinik e Tami Taketani
Direção de Arte: Gabriella Olivo
Direção de Som e Finalização de Som: Carmen Agulham
Maquiagem: Melissa Merlin
Finalização de Cor: Lucas Kosinski

 

Texto Curatorial
"Desejo e Memória em Movimento", por Pedro Azevedo

 

     O segundo programa da Sessão Circular apresenta cinco curtas-metragens de quatro estados brasileiros, sendo eles PEIXE (de Yasmin Guimarães - MG), À BEIRA DO PLANETA MAINHA SOPROU A GENTE (de Bruna Castro e Bruna Barros - BA), REBU - A EGOLOMBRA DE UMA SAPATONA QUASE ARREPENDIDA (de Mayara Santana - PE), AONDE VÃO OS PÉS (de Débora Zanatta - PR) e QUINZE (de Maurílio Martins - MG). No mês da visibilidade LGBTQIA+, reunimos esse conjunto de curtas que abordam experiências de mulheres lésbicas por meio de registros ficcionais e documentais. Entre tantas questões trazidas pelos filmes, chamamos atenção para o foco nos relacionamentos amorosos, na amizade e nos laços familiares.

     À BEIRA DO PLANETA MAINHA SOPROU A GENTE, REBU e QUINZE formam uma sessão tripla a partir da qual é possível refletir sobre modelos de relações entre pais, mães e filhas, seja por meio do registro documental direto, da manipulação das imagens de arquivo ou da ficção. Em REBU, a cineasta Mayara Santana revisita os seus relacionamentos passados e os põe em perspectiva a partir de um confrontamento da sua relação com o próprio pai, ressignificando momentos-chave da sua vida amorosa. Já em À BEIRA DO PLANETA MAINHA SOPROU A GENTE, a dupla de realizadoras Bruna Castro e Bruna Barros criam um documento íntimo e afetivo do seu relacionamento, também confrontando as suas respectivas referências maternas ao falar sobre amor e aceitação. Em QUINZE, a protagonista interpretada por Karina Teles prepara a festa de quinze anos da filha, que servirá também para que ela mesma possa dançar a valsa com a sua namorada.

   AONDE VÃO OS PÉS começa com imagens de arquivo familiar, mas logo se desenrola como uma ficção que aborda o momento de amadurecimento de duas amigas ainda adolescentes; enquanto PEIXE apresenta o cotidiano de uma personagem jovem em meio ao seu grupo de amigas em Belo Horizonte. Ambos os filmes carregam um sentido de urgência pelo movimento, seja através da corrida pelos pés ou da pedalada pelas pernas. A vida cotidiana, as amizades, os momentos de lazer e de festa atravessam os dois curtas de forma bastante prosaica, e é nessa simplicidade do registro elas ganham força.

    Apresentamos esse programa de cinco filmes como um pequeno recorte de propostas estéticas bastante distintas entre si, que se valem de diferentes estratégias narrativas para contar suas histórias e apresentar as suas personagens, mas que ganham reverberação e fazem algum sentido quando assistidos em conjunto.     

 

Serviço: Cinema do Dragão apresenta "Sessão Circular" - Programa #2 - "Desejo e memória em movimento"
Período: 23 de junho a 07 de julho de 2021
Horário: 12h
Local: YouTube do Dragão do Mar (youtube.com/dragaodomarcentro)
Programação gratuita

PARCEIROS