PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Museus do Dragão do Mar compõem programação virtual da 19ª Semana Nacional dos Museus
De 17 a 22 de maio, Museu da Cultura Cearense e Museu de Arte Contemporânea trazem 7 ações educativas, entre lançamento de publicação, oficinas e debates ao vivo.
07/05/21 às 17h46

     Em comemoração ao Dia Nacional dos Museus, celebrado no dia 18 de maio, será realizada a 19ª edição da Semana Nacional dos Museus, ação promovida anualmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e integrada pelos Museus do Dragão do Mar. Entre 17 e 22 de maio, o Museu da Cultura Cearense (MCC) e o Museu de Arte Contemporânea do Ceará (MAC Dragão) participam com ações virtuais com o tema "O futuro dos museus: recuperar e reimaginar". Além de mediação com escola em plataforma fechada, a programação inclui debates ao vivo, oficinas e lançamento de publicação digital, que serão realizadas nos canais de comunicação do Dragão do Mar (youtube.com/dragaodomarcentro), do MCC (@mcc_dragaodomar), do MAC (@macdragao) e da Secult-CE (youtube.com/secultcearagov). Com boa parte das ações acessíveis em Libras, a programação é gratuita e livre. 

     Abrindo a programação dos Museus do Dragão na Semana Nacional dos Museus, na segunda-feira (17), a partir das 16h, o MAC Dragão lança no seu Instagram (@macdragao) a video-oficina "Museus de papel". Inspirada nas experimentações construtivistas presentes nas obras dos artistas visuais Hélio Rôla e Sérgio Pinheiro, que podem ser conferidas nas exposições "Um Atlas para Hélio Rola" e "Um desvio nem sempre é um atalho", com passeio virtual disponível no canal do Dragão no YouTube, a oficina será ministrada pela educadora Carla Vieira, que convida os espectadores a reaproveitarem pequenas caixas de papelão para elaborarem seus próprios museus de papel.

     Na terça-feira (18), às 18h, os educadores Renata Frota, Kauan Pirani, Antônio Jarbas e Andrea Dalveroni, que integram os núcleos educativos do MCC e do MAC Dragão, convidam educadores e profissionais de museus para refletir sobre possíveis caminhos para a atuação educativa em espaços museais e o papel social desses espaços. A live "Que museu queremos?" também compõe a programação do Sistema de Museus do Ceará e será transmitida no canal da Secult Ceará

     Outra ação que também integra a programação do Sistema de Museus do Ceará e será transmitida no canal da Secult Ceará será a live "Projeto Acesso e acessibilidade em museus: uma história educativa", que será realizada na quarta-feira (19), às 15h. Mediada pelo educador João Paulo Lima, a conversa reunirá Carlos Viana, Lara Lima e Márcia Moreno, membros do Projeto Acesso, para lançar luz sobre novos caminhos para a inclusão de pessoas com deficiência, revisitando ações já realizadas e debatendo novas possibilidades para a acessibilidade nos espaços museais do futuro. 

     Na quinta-feira (20), o MCC realizará mais uma edição do Museu Vai à Escola virtual. Em sala virtual fechada para instituição pública de ensino previamente agendada, os educadores Kauan Pirani, Renata Frota e Ícaro Souza ministram a oficina virtual "carta para o museu do futuro", para sensibilizar o público sobre o papel da comunidade na construção e preservação de seus museus, patrimônios e de sua memória coletivo, a partir de atividades de imaginação e escrita.

     Ainda na quinta (20), às 16h, o MAC Dragão realizará no YouTube do Dragão o "Conversas de Museu". Os educadores Vinícius Scheffer, Chico Porto, Gabriel Ferreira, Andrea Dalveroni, Antonio Jarbas e Carlos Costa falarão sobre a atuação do núcleo educativo no processo de pesquisa e curadoria, a partir da experiência da seleção das obras para a exposição "Um desvio nem sempre é um atalho", bem como compartilharão as vivências na elaboração de ações educativas.. 

     Na sexta-feira (21), às 16h, no Instagram do MCC e do Dragão do Mar, o MCC lançará a mini-publicação virtual "Que museu queremos para o futuro?". De autoria colaborativa, a publicação traz memórias, depoimentos, ideias, fotografias, desenhos e outras formas de registro enviadas pelos públicos do MCC por meio de formulário e e-mail. A ideia é construir, a partir dessa troca, uma relação entre a memória do público e o futuro que querem para o Museu da Cultura Cearense. 

     Encerrando a participação dos Museus do Dragão na Semana Nacional dos Museus, no sábado (22), a partir das 16h, o MAC Dragão exibirá no seu Instagram a vídeo-oficina "Sentimentos Gravados", ministrada pelo arte-educador e realizador audiovisual Ka Moreira. Através de experimentações a oficina busca Inspirada nas obras de Leya Mira Brander, artista que participa da exposição "Um desvio nem sempre é um atalho", a oficina faz uma introdução ao universo das gravuras por meio da técnica da isogravura, convidando o público a expor suas criações, realizar uma exposição dentro de casa e marcar o @macdragão. 

      Para Valéria Laena, gestora do Núcleo de Museus do Dragão, o tema da Semana é fundamental para refletir sobre o atual momento e lançar luz sobre novas possibilidades. "O futuro dos museus é agora! Tem sido com criatividade e responsabilidade que novas formas de trabalhar, principalmente no meio virtual, imperativo em época de pandemia, façam os museus encontrarem novos públicos e, de fato, parece haver uma troca mais positiva e sólida para juntos usufruirmos arte e cultura, refletirmos sobre nossas memórias e histórias, repensarmos nossos acervos, ampliando nossos olhares", afirma Laena. 

      "A Semana dos Museus é um evento anual importante para que, de alguma forma, os museus do Brasil se comuniquem e interajam. Neste momento, compartilhar e conhecer os desafios vividos por cada uma dessas instituições gera uma força de ir em frente, construindo ações museológicas importantes, mesmo que no mundo virtual, e assim descobrir cada vez mais o que pode um museu", afirma Cecília Bedê, gestora do MAC Dragão.  

     Confira, a seguir, a programação do Museu da Cultura Cearense (MCC) e do Museu de Arte Contemporânea (MAC).

 

PROGRAMAÇÃO

17 de maio (segunda-feira)
16h - Video-oficina "Museus de papel"
Local: Instagram do MAC Dragão (@macdragao)
Acessível em Libras  


18 de maio (terça-feira)
18h - Ação Educativa - Live "Que museu queremos"?
Local: YouTube da Secult-CE


19 de maio (quarta-feira)
15h - Ação Educativa - Live "Projeto Acesso e acessibilidade em museus: uma história educativa?"
Local: YouTube da Secult-CE 
Acessível em Libras 

 

20 de maio (quinta-feira)
Turno da tarde - Ação Educativa - Museu vai à Escola on-line
Local: Plataforma fechada no Google Meet
16h - Ação Educativa "Conversas de Museu"
Local: YouTube do Dragão (youtube.com/dragaodomarcentro)


 

21 de maio (sexta-feira)
16h - Lançamento - Publicação Virtual "Que museu queremos para o futuro?"
Local: Instagram do Dragão do Mar (@dragaodomar) e do MCC (@mcc_dragao)


22 de maio (sábado)
16h - Vídeo-oficina "Sentimentos Gravados"
Local: Instagram do MAC Dragão (@macdragao)
Acessível em Libras 


 

Sobre os ministrantes


Carla Vieira é graduanda de Arquitetura e Urbanismo na UFC Atualmente compõe a equipe do Núcleo Educativo do MAC Dragão.

 

Andrea Dalveroni é graduanda em Licenciatura Artes Visuais pelo IFCE. Cursou Belas Artes através de bolsa de intercâmbio na instituição canadense College of the Rockies. Atua como arte educadora no MAC Dragão, no qual realiza mediações em língua inglesa, oficinas com pesquisa em memória sensorial/afetiva e pesquisa acessibilidade cultural com foco em audiodescrição. Desenvolve trabalhos com pintura, projetos culturais e audiodescrição. Tem como linha acadêmica e curatorial uma pesquisa sobre Chico da Silva e os Pintores do Pirambu.

 

Antonio Jarbas é graduando em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Fortaleza. Compõe a equipe de educadores do MAC Dragão.


Kauan Pirani é artista visual, arte-educadore e cartomante. Trabalha como educadore no MCC e é Licenciande em Artes Visuais pelo IFCE. Trabalha a linguagem oracular e seus usos nos processos de arte-educação e de criação poética, analógicas e digitais. Vem investigando em seus trabalhos os campos da realidade virtual e da realidade aumentada como espaços de troca do que é invisível e de construção de corporalidades monstruosas.


Renata Frota é artista visual, estudante de Artes Visuais no IFCE e educadora do MCC.

 

João Paulo Lima é graduando em História na UECE e educador-estagiário do MCC.

 

Carlos Viana é graduado em Comunicação Social, com bacharelado em Jornalismo pela Faculdade Cearense; integrante do Projeto Acesso do MCC; repórter do jornal O Povo e membro do GT de Cultura Acessível da Secult-CE.

 

Lara Lima é graduada em Letras com habilitação Português-Espanhol pela UFC, membro do Projeto Acesso - MCC, integrante do GT de Cultura Acessível - SECULT-CE, testadora de softwares da empresa Dell.

 

Márcia Moreno é graduada em Ciências Sociais pela UFC (1987), com Especialização em Gestão Pública na UECE (1999) e Máster em Educación y Museos: Patrimonio, Identidad y Mediación Sociocultural, pela Universidade de Murcia (2013). É gerente do MCC e coordenadora do projeto Acesso. Tem experiência na área de museus, atuando principalmente nos seguintes temas: acessibilidade e projetos sociomuseológicos.

 

Ícaro Souza é coordenador do Núcleo Educativo do MCC. Tem experiência como mediador cultural, desenvolvimento de ações de educação patrimonial, projetos educativos e organização de programações para públicos diversos no Museu. Produziu textos para os cadernos de mediação e acessibilidade da exposição Vaqueiros, além de orientar processos formativos e desenvolvimento de mediações para a exposição.

 

Vinícius Scheffer é licenciado em Artes Visuais pelo IFCE. Participou como bolsista CAPES no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID/IFCE - Subprojeto Artes Visuais, atuando como pesquisador e professor de Artes Visuais. Atualmente compõe a equipe do MAC e é professor substituto do Ensino Básico SEDUC/CE em escola específica de surdos. Desenvolve pesquisas e trabalhos de Tradução/Interpretação de Libras-Português pela Art! em LIBRAS.


Chico Cavalcante Porto é pesquisador e arquiteto, formado pela Universidade Federal do Ceará (2019), com intercâmbio pela Universidad del País Basco (2015-2016). É mestrando pelo programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU USP), com ênfase em arte contemporânea e arquitetura de museus, e compõe a equipe de Gestão de Acervo, Conservação e Montagem do MAC Dragão.


Gabriel Ferreira é graduando em Design pela UFC, onde foi bolsista PIBID/UFC (2018) e PIB/UFC (2019). Atua como designer e arte educador no MAC Dragão. Tem experiências no estudo das relações entre design e ilustração.


Carlos Santos é educador musical com experiência em musicalização infantil. Atualmente, dedica à criação de trilhas sonoras e à conclusão de seu trabalho autoral em "ambient music", que parte de uma experiência vivida do nascer e do pôr do sol da reserva indigena Pitaguary. Foi integrante da equipe do Educativo MAC Dragão.

 

Ka Moreira é graduando em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UniFanor. É arte-educador e realizador audiovisual. Compõe a equipe de educadores do MAC Dragão.

 

 

A Semana Nacional dos Museus 


       A 19ª Semana de Museus é uma coordenada pelo IBRAM que une instituições museológicas de todo o país para realizar, durante uma semana, atividades para todos os públicos. A iniciativa, que comemora o Dia Internacional dos Museus (18 de maio), criado em 1977 pelo Conselho Internacional de Museus - ICOM, visa aumentar o potencial de visitação das instituições museológicas e culturais de todo país, difundindo as diversas manifestações e referências culturais, promovendo o acesso à produção simbólica e à diversidade cultural dos municípios, criando experiências significativas aos visitantes.

 

Serviço: Museus do Dragão do Mar participam da 19ª Semana Nacional dos Museus
Período: 17 a 22 de maio de 2021
Local: Canais de comunicação do Dragão do Mar (youtube.com/dragaodomarcentro), do MCC (@mcc_dragaodomar), do MAC (@macdragao) e da Secult-CE (youtube.com/secultcearagov)
Programação gratuita e livre

PARCEIROS