PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Museu da Cultura Cearense realiza debate virtual ao vivo sobre educação patrimonial numa perspectiva decolonial, nesta segunda-feira (21)
As historiadoras Fátima Maria Leitão Araújo e Isaíde Bandeira Da Silva falarão sobre a importância de romper com os processos de patrimonialização que reproduzem os processos de dominação do "saber-poder"
18/12/20 às 18h22

     O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, por meio do Museu da Cultura Cearense (MCC), segue fomentando discussões acerca da educação e do patrimônio nos espaços museológicos. Nesta segunda-feira (21), o Núcleo Educativo do MCC realizará um debate ao vivo com as historiadoras Fátima Maria Leitão Araújo e Isaíde Bandeira Da Silva. A partir das 15h, no canal do Dragão do Mar no Youtube (youtube.com/dragaodomarcentro), as pesquisadoras falarão sobre "Escola e Museu: Educação Patrimonial em uma perspectiva decolonial". 

     As convidadas farão reflexões sobre os potenciais e limites da aproximação entre o pensamento decolonial, políticas públicas concernentes aos patrimônios culturais e à efetivação de uma ação educativa patrimonial, no âmbito dos lugares de memória e na educação básica cearense/brasileira.
No encontro virtual, as pesquisadoras propõem o pensar/agir sobre as possibilidades e desafios da adoção de uma Educação Patrimonial norteada pela perspectiva da decolonialidade, como prática necessária e urgente, com o objetivo de romper com os processos de patrimonialização, que reproduzem os processos de dominação do "saber-poder" sobre as memórias historicamente subalternizadas de grupos sociais não hegemônicos.


Sobre as Ministrantes
 

Fátima Maria Leitão Araújo é graduada em História pela UECE, Especialização em História das Ideias Políticas pela UECE, Mestrado e Doutorado em Educação Brasileira, pela UFC. Realizou Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação e Inclusão Social da Faculdade de Educação - FaE da UFMG (2018-2019). É Professora Associada vinculada ao Curso de Graduação em História, bem como ao Mestrado Interdisciplinar em História e Letras - MHIL da Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central - FECLESC. Foi docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE - UECE, entre os anos de 2010 a 2017. Desenvolve atividades de pesquisa e extensão, na UECE, sendo vice-líder do Grupo de pesquisa "História, Memória, Sociedade e Ensino". Como pesquisadora, tem desenvolvido pesquisas na área de Educação, História e Ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Educação, Ensino de História, História da Formação Docente e Biografias de mulheres militantes e educadoras brasileiras).

 

Isaíde Bandeira Da Silva é graduada em História pela UECE. Especialista em Metodologia do Ensino pela UVA. Mestre em História Social pela UFC. Doutora em Educação pela UFRN. Pós-doutora em Educação pela UFU. Professora do Curso de Pedagogia da UECE. Professora do Mestrado Acadêmico Interdisciplinar em História e Letras-MIHL/UECE. Professor do Mestrado Profissional em Ensino de História da UERN e da URCA. Foi coordenadora do Subprojeto de História do PIBID da UECE/FECLESC-Quixadá. É líder do Grupo de Pesquisa: "História, Memória, Sociedade e Ensino". Subcoordenadora do Projeto de Extensão: "O Projeto de História e o Patrimônio Cultural: faz escuro, mas eu canto". Coordenadora de três projetos de pesquisas de Iniciação Científica, aprovados pelo CNPq, FUNCAP e IC UECE (2020-2021) ligados as temáticas do livro didático, formação docente e educação patrimonial. Assessora da Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UECE).

 

Serviço: LIVE "Escola e Museu: Educação Patrimonial em uma Perspectiva Decolonial", com Fátima Maria Leitão Araújo e Isaíde Bandeira Da Silva
Data: 21 de dezembro de 2020 (segunda-feira)
Duração: 2h
Horário: 15h
Local: Canal do Dragão do Mar no Youtube (YouTube.com/DragaodoMarCentro)
Classificação etária: Livre
Acesso Gratuito

PARCEIROS