PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Centro Dragão do Mar apresenta Exposição fotográfica virtual "Folclore e o Saber Ancestral"
A mostra do pesquisador de arte e fotógrafo Luiz Alves traz uma seleção de 34 fotografias digitais clicadas por ele entre 2015 e 2020 no Dragão do Mar. Confira!
20/08/20 às 11h22

                                             Folclore e o Saber Ancestral

 

Folclore é aquilo que nem o colonialismo, nem o capitalismo, nem a globalização podem acabar, porque enquanto houver um só sobrevivente do povo, nele seguirá o saber ancestral dos seus descendentes. Folclore é uma prática que vem naturalmente do povo, na sua forma mais genuína, resultando na grande ciência do saber popular, e que se mante pela tradição de seus costumes, transmitidos muitas vezes pela oralidade. Embora não tenha os mesmos critérios de certificação do que se convém chamar de "erudito", o saber popular é uma ciência acumulada pelos povos ao logo de toda história, singular a cada realidade e em constante evolução.

 

O saber ancestral, embora muitas vezes adormecido, está presente na memória, nos gestos, resguardado nos corpos de cada integrante de um povo e pode ser despertado como num chamado a fortalecer os seus, pois cada corpo é um museu. Não é difícil que estes povos tenham fortes ligações com o sagrado, dada sua conexão estabelecida tão fortemente, resultado numa cosmologia ancestral capaz de guiar cada indivíduo na sua caminhada. 

 

A exposição "Folclore e o Saber Ancestral" apresenta a exuberância do povo do Ceará, nas suas mais diversas manifestações, num emaranhado de saberes, tendo o Centro Dragão do Mar, como um grande terreiro de Tradição Popular.

 

Luiz Alves

 

Sobre o Fotógrafo


Nascido em Tabuleiro do Norte, em 1979, Luiz Alves de Lima Júnior é formado no Curso Superior de Tecnologia em Recursos Hídricos / Irrigação no Centro de Ensino Tecnológico - Centec - de Limoeiro do Norte. Em 2008, veio morar em Fortaleza, onde fez Mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal do Ceará. Desde criança apaixonado por arte, nas suas múltiplas linguagens, encontrou na Fotografia a oportunidade de mudar de carreira, conciliando seu encanto pelo fazer artístico com melhores possibilidades de retorno financeiro. Desde 2014, dedica-se exclusivamente à fotografia. Iniciou seus estudos na Escola Porto Iracema das Artes, braço de formação do Dragão do Mar, o que logo despertou seu interesse por eventos e manifestações culturais. Ao longo deste período, realizou inúmeras coberturas de festivahis e espetáculos, como o Festival Manifesta, a Feira da Música, a Bienal Internacional de Dança do Ceará, o Festival de Teatro Infantil, a Maloca Dragão, a  Mostra Petrúcio Maia, dentre outros. Desde 2015, atua como fotógrafo do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Desenvolve trabalhos autorais que buscam dar uma maior visibilidade às manifestações ancestrais como a dos povos Indígenas, maracatus, pescadores e povos de terreiros. 

 


































 

Confira no vídeo a apresentação do fotógrafo Luiz Alves da exposição virtual "Folclore e o Saber Ancestral"

 

PARCEIROS