PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Dragão do Mar exibe apresentação virtual de Isabel Gueixa nesta segunda-feira (8)
Protagonismo e empoderamento feminino na música, no hip pop e na vida são temas centrais do novo EP que traz cinco faixas.
08/03/21 às 13h48


     Em alusão ao Dia Internacional da Mulher, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura traz, nesta segunda-feira (8), "Juntas, Somos Mais Fortes", o primeiro EP virtual da cantora Isabel Gueixa que reúne 5 faixas. A apresentação, que integra a programação de projetos artísticos selecionados pela convocatória Arte em Rede, acontecerá a partir das 18h, no canal do Dragão do Mar no YouTube (www.youtube.com/dragaodomarcentro), com acesso livre.
     'Juntas, Somos Mais Fortes' é fruto do desejo de lançar luz sobre igualdade de gênero, social e racial e luta contra a LGBTQA+fobia, e representa a luta de uma artista que combate o machismo estrutural nas suas letras e no seu cotidiano. Combinando o balanço marcado pelas influências do Soul, Funky, Rap, Rhythm & Blues e Jazz, e as letras contundentes do Rap, o trabalho lança uma reflexão sobre a urgência de serem revistos comportamentos e pensamentos. "Numa terra em que músicas com letras machistas e que estimulam a rivalidade no gênero feminino fazem grande sucesso, o EP traz mensagens positivas e de exaltação à sororidade, empatia, liberdade, independência emocional, ao amor e ao respeito", afirma Isabel Gueixa. 


Sobre as faixas
 

"Mulheres Estão Se Amando" - "Aqui, não existe recalque / Não existe inimiga / Não tem ninguém invejosa / E nem qualquer intriga...
Cansada de ouvir tanta reprodução de ódio de mulheres para mulheres, Isabel Gueixa resolveu mostrar a irmandade das mulheres quando descobrem o poder da sororidade.

"Tá Tudo Errado" - "Desde pequena eu vi / Tá tudo errado... / Eu resolvi ficar do meu próprio lado...". A artista parafraseia a escritora Maya Angelou em uma de suas frases mais famosas: - "Sou feminista. Já sou mulher faz algum tempo. Seria estupidez eu não estar do meu próprio lado." E, no decorrer da música, denuncia o quanto o machismo é prejudicial não só para as mulheres, mas também, para os homens.
 

"Um Bom Lugar" - "Sonhei viver em um bom lugar / Onde o respeito possa reinar / Onde não há feminicídio...". Em uma de suas músicas mais sentimentais, a cantora externa que deseja um mundo melhor e que acredita neste lugar. Tanto nesta vida, como as próximas.

"Deixo O Coração Me Levar" - "Não deixa a vida te levar / Deixa o seu corpo falar / Abra a sua mente pra poder se empoderar...". Isabel Gueixa abre o próprio coração no intuito de que mais pessoas possam fazê-lo também. E de que cada pessoa pode escrever sua própria história. Ser independente em todas as áreas da vida.

"Carapuça" - "Há muito tempo que utilizam letras que nos ofende / Quer falar mal de nossos corpos se tu nem é gente..." Mais uma letra que denuncia o machismo no movimento Hip Hop e em várias outras áreas da vida das mulheres.
 

Sobre a artista

     Isabel Gueixa começou cedo na música, ainda aos onze anos, quando integrava o coral da escola onde estudava. Integrou o primeiro grupo de rap feminino, "As Cumades", onde permaneceu por quase sete anos. Foi convidada para o Encontro de Políticas Públicas e Juventude da prefeitura de Fortaleza, em 2007, onde participou de apresentações culturais com a banda Coda. Em 2012, abriu o show de MV Bill e Camila CDD, junto ao grupo VM na Rima. Já com o trabalho solo, participou de inúmeros eventos e festivais, entre eles o Maloca Dragão, Festival de Música da Juventude, a Mostra Periféricos, os Encontros Musicais no Cuca Mondubim, o Ato Contra a Chacina do Curió, o show com o Rapper GOG e a Marcha da Periferia. 


Sobre o Arte em Rede

     A Convocatória "Arte em Rede" se insere dentro de um conjunto de iniciativas que o Governo do Estado do Ceará, a Secretaria da Cultura do Estado, junto à sua Rede de Equipamentos, e o Instituto Dragão do Mar vêm realizando com o objetivo de promover e movimentar a criação, difusão e economia artística e cultural do Estado, no contexto de medidas de distanciamento social necessárias neste período de pandemia do Coronavírus, incentivando a sustentabilidade do fazer artístico através de iniciativas que contemplem os artistas, grupos, coletivos, companhias e demais profissionais e empreendimentos culturais cearenses.


     O Arte em Rede também integra o Programa Cultura em Rede, previsto no Planejamento Estratégico da Secult, com o intuito de articular, integrar e potencializar os equipamentos culturais do Estado, para estimular o compartilhamento e a colaboração entre os equipamentos vinculados à Secretaria da Cultura, a fim de que possam atuar de forma sistêmica no desenvolvimento e consolidação da política cultural do Ceará. 


Serviço: Arte em Rede apresenta "Juntas, Somos Mais Fortes", de Isabel Gueixa
Data: 8 de março de 2021 (segunda-feira)
Horário: 18h
Local: Canal do Dragão do Mar no YouTube (youtube.com/dragaodomarcentro)
Duração: 17min14
Classificação etária: Livre

PARCEIROS