PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Dragão do Mar celebra Dia Nacional da Consciência Indígena com lançamento de exposição virtual nesta sexta-feira (29)
"Anacé - Memórias da retomada de São Sebastião", de Iago Barreto, Rafaela Anacé e Cacique Climério Anacé, reúne cerca de 20 imagens que representam o cotidiano e a luta da comunidade pela retomada de suas terras.
28/01/21 às 11h23

     Dando continuidade à difusão de ações artísticas e formativas originadas a partir da convocatória Arte em Rede, e em alusão ao Dia Nacional da Consciência Indígena, celebrado no último dia 20 de janeiro, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura lançará, nesta sexta-feira (29), às 19h, no seu site (www.dragaodomar.org.br), a exposição "Anacé - Memórias da Retomada de São Sebastião", fruto da parceria entre o arte-educador, pesquisador e fotógrafo Iago Barreto, a fotógrafa Rafaela Anacé e o Cacique Climério Anacé, liderança do povo indígena retratado na mostra fotográfica.

     A mostra fotográfica é apresentada no dia em que os Anacé celebram três anos do Levantamento da Bandeira de São Sebastião. Composta por 23 imagens produzidas coletivamente por Iago e Rafaela, a exposição traz registros da luta do povo Anacé pelo reconhecimento de posse da sua terra ao pé da Serra da Japuara, seu território ancestral, não apenas de moradia e produção alimentar, mas também de espiritualidade. As fotos acompanham a jornada de reivindicação na chamada Retomada de São Sebastião desde 2018, o encantamento do Cacique Antônio que agora descansa na terra, a ascensão de novos caciques e momentos cotidianos da vida na aldeia. O relato textual do Cacique Climério aprofunda os significados desse registro.

     Com produção do coletivo Poty de comunicação, o projeto conta também com a colaboração da produtora cultural e curadora Emilly Guilherme, das lideranças Cacique Roberto Ytaysaba e Aurea Anacé, além de todos que passaram pela Retomada de São Sebastião e que ainda residem no local.


Sobre os realizadores

Iago Barreto
Arte-educador, artista, comunicador comunitário. Colaborador do Museu Indígena Tremembé desde 2014. Professor na formação de cineastas indígenas junto aos povos Kanindé, Tapeba e Pitaguary; professor fixo na Escola de Cinema Indígena Jenipapo-Kanindé desde 2018, ano em que também inicia o processo de luta junto à retomada Anacé de São Sebastião.

Rafaela Anacé
Rafa Anacé é da aldeia Japuara, filha do Cacique Antônio, liderança, pintora tradicional, co-realizadora no filme "As Mulheres São Como Rios". Atualmente focada na fotografia, com participação na exposição "A Cara Negra e Indígena no IFCE", - realizada pelo Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) do Instituto Federal do Ceará (IFCE) - e na exposição online do Centro Cultural Vale Maranhão. Também registra o cotidiano de sua aldeia e de sua luta.

Cacique Climério Anacé 
Cacique Climério, filho do Cacique Antônio do povo Anacé da aldeia Japuara no município de Caucaia, onde lidera cerca de 1200 índios do seu povo. Trabalha com pinturas indígenas e artesanato, sendo professor voluntário de cultura nessa aldeia e em outras. Trabalha usando a palha da carnaúba como matriz para o artesanato. É puxador do ritual sagrado Toré e mestre espiritual do seu povo, além de raizeiro e escritor. 
 

Sobre o Arte em Rede

     A Convocatória "Arte em Rede" se insere dentro de um conjunto de iniciativas que o Governo do Estado do Ceará, a Secretaria da Cultura do Estado, junto à sua Rede de Equipamentos, e o Instituto Dragão do Mar vêm realizando com o objetivo de promover e movimentar a criação, difusão e economia artística e cultural do Estado, no contexto de medidas de distanciamento social necessárias neste período de pandemia do Coronavírus, incentivando a sustentabilidade do fazer artístico através de iniciativas que contemplem os artistas, grupos, coletivos, companhias e demais profissionais e empreendimentos culturais cearenses.
     O Arte em Rede também integra o Programa Cultura em Rede, previsto no Planejamento Estratégico da Secult, com o intuito de articular, integrar e potencializar os equipamentos culturais do Estado, para estimular o compartilhamento e a colaboração entre os equipamentos vinculados à Secretaria da Cultura, a fim de que possam atuar de forma sistêmica no desenvolvimento e consolidação da política cultural do Ceará. 


Serviço: Arte em Rede apresenta exposição "Anacé - Memórias da retomada de São Sebastião", de Iago Barreto, Rafa Anacé e Cacique Climério Anacé
Data: 29 de janeiro de 2021 (sexta-feira)
Horário: 19h
Local: Site do Centro Dragão do Mar (www.dragaodomar.org.br)
Classificação: Livre

PARCEIROS